Planos para o Fim-de-Semana?

É um stress planear um fim-de-semana com os miúdos.
Os restaurantes só estão abertos durante a hora da sesta e os que estão abertos depois disso têm menos de 3 estrelas no Zomato.
Só me vem à ideia o parque dos baloiços, mas vamos lá todos os fins-de-semana que já devem estar fartos!
Talvez uma peça de teatro? Faço uma breve pesquisa no telemóvel e vejo que está esgotada até final do mês. Mas os avós estão sempre disponíveis. Telefono-lhes e dizem que este fim-de-semana vão usufruir do voucher que lhes demos no Natal. Boa!
Os fins-de-semana não têm que ser um stress nem têm que ter 1001 atividades. Nem nós nem eles conseguem gerir tanta coisa ao mesmo tempo.
Em vez disto e para bem de todos, o melhor é mesmo ir dar um passeio ao ar livre, só eu e os miúdos. Um passeio descomprometido sem segundas intenções. Apenas um simples passeio ao ar livre. Mostrar-lhes cada pormenor que nos salta à vista, estar atento a cada detalhe que eles reparam. Não procurar lições em cada ramo das árvores nem esperar dar-lhes a lição de uma vida. Apenas prestar atenção, aproveitar o momento e estar presente, bem presente. A lição será dada por ela própria.
TAO TE CHING

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *