A Perda de um Filho

Ser pai é viver todos os dias com o medo de que um dia podemos perder um filho. E o desejo de todos é partir primeiro que eles.
Estar vivo é um risco e a consequência desse risco é a morte. Da mesma forma que não existe o som sem o silêncio e o branco não existe sem o preto, a vida também não existe sem a morte. E ser pai é viver diariamente com esta consciência plena. Estar presente quando estamos com eles e aceitar as consequências de que tudo pode acontecer, quando não estamos.
Mas mesmo que um dia os nossos filhos morram, é bom lembrarmos-nos que se estivermos apenas presentes um minuto na vida dos nossos filhos, esse minuto valerá muito mais que qualquer sofrimento que possamos vir a sentir com a sua morte.

MEMENTO MORI

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *